Bolsas de Estudo da Federacão da Rússia

Em 2016, o Governo da Federação de Rússia concede à Parte Moçambicana 35 bolsas de estudo.

Actualmente o sistema do ensino superior da Rússia prevê dois graus: bacharelado e mestre. O prazo de estudo no grau de bacharelado é de 4 anos, após de estudo neste grau os finalistas têm o direito de ingressar no grau de mestre à base de concurso. O estudo no grau de mestre é de 2 anos.

O ingresso para os estudos nos estabelecimentos de ensino superior da Rússia é limitado no que se refere a algumas especialidades. O ingresso de cidadãos estrangeiros para os cursos de "cultura e arte" e "relações internacionais" realiza-se só à base contratual.

Os candidatos para o estudo devem ter uma formação secundária completa, assim como notas em disciplinas básicas que constituam pelo menos 80% do nível máximo das notas. No concernente a outras disciplinas devem ter notas positivas.

O intervalo entre a formação na escola ou qualquer outra forma da educação média e o ingresso para o estudo na Rússia não pode superar 3 anos e a idade do candidato não seja maior de 25 anos.

Para a pós-graduação podem ser matriculados os candidatos que têm uma educação superior ao nível de mestre e a idade inferior a 35 anos.

Aqueles que desejam estudar nos estabelecimentos de ensino superior da Rússia devem gozar de boa saúde e não devem ter contra-indicações médicas para a estadia nas condições climáticas da Rússia. Todos os candidatos devem passar por exame médico escrupuloso incluindo a análise da ausência do vírus de imunodeficiência de homem (HIV) e doença SIDA. No caso de chegada à Rússia dos candidatos incapazes para o estudo devido ao estado de saúde êles serão enviados à pátria por conta da parte patrocinadora ou conta própria.

Dossier de cada candidato deve ter os seguintes documentos feitos na língua russa, inglesa ou francesa:

-         questionário (Aplication form) com a indicação de código e da especialidade escolhida em conformidade com a relação em anexo com uma foto colorida 4x6 cm;

-         cópias das páginas do passaporte nacional com os dados básicos do candidato e com a validade do passaporte não menos de 1,5 anos contados a partir da data do visto de ingresso a fim de emissão do convite pessoal para candidato admitido;

-         cópia do certificado de habilitações reconhecida por notário com a indicação das disciplinas estudadas e notas recebidas nos exames;

-         cópia do atestado médico reconhecida por um órgão oficial de saúde pública do País;

-         cópia do certificado de exame médico sobre ausência do virus HIV reconhecida por um órgão oficial de saúde pública do País.

Além disto os candidatos para o estágio de pós-graduação devem apresentar cópias de documentos reconhecidas por notário sobre educação superior à nível de mestre das ciências ou artes e cópias de lista de provas ou de lista de disciplinas estudadas com as notas, bem como lista de trabalhos científicos publicados (se existem) e sumário da sua futura pesquisa (até 2 páginas). Para os graduados nas instituições do ensino superior da Rússia o sumário deve ser na língua russa.

Em Moçambique o Instituto de Bolsas de Estudo (IBE) é responsável pela selecção preliminar de candidatos e distribuição de bolsas. Em Fevereiro-Março a Embaixada da Rússia em Moçambique informa o MNECC e MINED (IBE) sobre os termos, condições e cursos de ensino superior para o ano em curso. Os documentos dos candidatos para o estudo são entregues pelo IBE à Embaixada da Rússia antes de 1 de Maio, a fim de serem enviados ao Ministério da Educação da Rússia. Em Agosto a Embaixada da Rússia informa o MNECC, MINED (IBE) de Moçambique sobre os candidatos admitidos para os estudos na Rússia para o ano em questão.

Os prazos da chegada dos candidatos admitidos para o estudo são: para as faculdades preparatórias, bacharelado e mestrado – até 15 de Setembro; para estágio de pós-graduação e estágio científico-pedagógico – até 15 de Novembro.

Candidatos admitidos ao chegarem à Rússia devem ter consigo passaportes, certificados originais de habilitações (homologados) e  os certificados médicos, 7 fotos 4x6 cm.

A Parte Russa garante para os cidadãos estrangeiros, admitidos para o estudo nos estabelecimentos estatais de ensino, o seguinte:

-         pagamento de bolsa no montante, previsto para a categoria adequada dos estudantes, pós-graduados e estagiários russos;

-         alojamento no lar estudantil com o pagamento semelhante ao dos estudantes, 
pós-graduados e estagiários russos

Favor notar que o local e o estabelecimento do ensino define a Parte Russa.

 

Aos candidatos recomenda-se ter consigo:

-      a roupa e o calçado para todas as estações do ano;

-      não menos de 250 dólares norte-americanos para despesas de recepção no aeroporto e passagem de Moscovo até o lugar de estudo;

-      250 dólares norte-americanos por mês para despesas pessoais durante todo o período de estudo;

-      250 dólares norte-americanos anuais para as despesas de seguro médico obrigatório.

 

Favor notar que a Parte Russa não paga despesas de passagem até o lugar de estudo dos candidatos matriculados e as de volta para a pátria deles depois do estudo.

A Parte Moçambicana assumirá despesas de passagem para a pátria dos estudantes em casos de:

- violação da legislação referente às normas de estadia dos estrangeiros no território da Federação da Rússia;

- violação da ordem interna do estabelecimento de ensino;

- término dos estudos;

- expulção por mau aproveitamento lectivo;

- estado precário de saúde ou morte.

Os estabelecimentos de ensino da Rússia não assumem os compromissos ligados à permanência na Federação da Rússia dos famíliares dos estudantes, pós-graduados ou estagiários.