Relações Russo-Moçambicanas

Linha Direta com Presidente da Rússia, Vladimir Putin

Em 15 de Junho, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, respondeu a 73 perguntas dos cidadãos russos através da TV e Internet, no formato tradicional de Linha Direta. Até a noite do dia anterior, porém, haviam sido recebidas mais de 1,8 milhões de telefonemas, e-mails, mensagens de texto e vídeo de vários regiões do país e do exterior.

Encontro entre o Vice-Ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, M. Bogdanov, e a Vice-Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, N.Mondlane, em Moscovo

Durante o encontro, as partes manifestaram o empenho de Moscovo e Maputo em continuar a reforçar as relações tradicionalmente amigáveis ​​entre a Rússia e Moçambique, incluindo a intensificação do diálogo político, o fortalecimento dos laços mutuamente benéficos em várias áreas, nomeadamente no âmbito da criação da Comissão Intergovernamental Rússia-Moçambique para Cooperação Económica e Técnico-Científica.

Palestra do Embaixador da Rússia em Moçambique sobre Doutrina Militar e Estratégia da Segurança Nacional da Federação da Rússia no Contexto Actual

No dia 6 de Maio, o Embaixador da Rússia em Moçambique, Andrey Kemarsky, deu uma palestra aos oficiais do Instituto Superior de Estudos de Defesa de Moçambique (ISADEF) sobre o tema “Doutrina Militar e Estratégia da Segurança Nacional da Federação da Rússia no contexto actual”

Delegação do Conselho da Federação da Assembleia Federal da Federação da Rússia visita República de Moçambique

Nos dias 17-19 de Fevereiro de 2016, a delegação do Conselho da Federação (CF, câmara alta do parlamento russo), encabeçada pelo Vice-Presidente do CF, Ilyas M.-S. Umakhanov, efectuou uma visita de trabalho à República de Moçambique. A delegação incluiu Arkady M. Tchernetsky, Primeiro Vice-Presidente do Comité do CF para os Assuntos da Federação, Política Regional, Autarquias Locais e Assuntos do Norte, Arnold K. Tulokhonov, Membro do Comité do CF para os Assuntos Internacionais, Oleg V. Tsepkin, Membro do Comité do CF da Legislação Constitucional e Construção do Estado.

Encontro entre o Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, e o Embaixador da Federação da Rússia em Moçambique, Andrey Kemarsky

Foi destacada a intenção mútua de aprofundar e fortalecer os laços tradicionalmente amigáveis, que remontam aos tempos da luta nacional libertadora do povo moçambicano. As partes enfatizaram que 40º aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países, celebrado neste ano, deve dar um impulso à dinamização da parceria comercial e económica e a aproximação desta ao alto nível da cooperação política.

Intervenção do Embaixador da Rússia em Moçambique, Andrey Kemarsky, Sobre o Sistema do Ensino Superior na Rússia

O Embaixador falou sobre as vantagens de estudar na Rússia e as oportunidades para os estrangeiros que dá o Governo da Rússia. Em particular, em 2014, para 40 cidadãos moçambicanos foram disponibilizados completos bolsos governamentais – actualmenete, eles estudam nas melhores universidades russas. Andrey Kemarsky também frisou que a língua não cria obstáculos ao processo de educação dos estrangeiros na Rússia: os estudantes que não dominam russo são admitidos nas faculdades preparativas com o prazo de formação de 1 ano.

Encontro entre o Presidente do Governo da Federação da Rússia, Dmitry Medvedev, e o Primeiro-Ministro da República de Moçambique, Alberto Vaquina

As partes destacaram os bons resultados práticos da cooperação bilateral em vários domínios, nomeadamente na área de projectos de investimento. Dmitry Medvedev e Alberto Vaquina apontaram para um potencial significativo de reforço e fortalecimento das relações bilaterais na dimensão técnica e empresarial. Durante o encontro foi celebrado o Memorando de Entendimento entre o Ministério da Educação e Ciência da Federação da Rússia e o Ministério da Educação da República de Moçambique sobre a cooperação no domínio do ensino superior.

Conferência de Imprensa na Sequência das Negociações entre o Ministro dos Negócios Estrangeiros da Federação da Rússia, Sergey Lavrov, e o Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação da República de Moçambique, Oldemiro Balói

Our positions on key international problems in issues of the world order, the need to ensure democratic, fair foundations in the world policy, respect for the UN Charter, promotion of collective approaches to settle any problems in peaceful means, practically match or are significantly close. We expect for close interaction with Mozambique on issues of the development of the situation in the African continent, where there are still many conflicts. The position of Russia is clear: we want Africans to determine the ways of resolving their problems themselves, but the international community to support respective efforts of the African Union and different sub regional organisations in Africa.

Encontro entre o Ministro dos Negócios Estrangeiros da Federação da Rússia, Sergey Lavrov, e o Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação da República de Moçambique, Oldemiro Balói, em Moscovo

Os ministros discutiram a longa lista de questões da agenda global e regional. A discussão detalhada mostrou a coincidência das posições dos dois países relativamente à política externa, e o apoio das partes às ideias do sistema multipolar no mundo contemporâneo. Sergey Lavrov manifestou o seu apreço pela compreensão pela parte moçambicana da política russa em relação à crise na Ucrânia, explicou os princípios dos Acordos de Genebra de 17 de Abril sobre a desescalada da tensão na Ucrânia.

Intervenção do Embaixador da Rússia em Moçambique, Andrey Kemarsky, no Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais do Instituto Superior de Relações Internacionais de Moçambique com uma mensagem sobre a crise na Ucrânia e a reunificação da Crimeia com a Rússia

Os participantes familiarizaram-se com a história da Ucrânia e da Crimeia, a posição da Rússia em relação aos recentes acontecimentos na Ucrânia, os motivos que levaram à autodeterminação da Crimeia e sua adesão à Federação da Rússia. No âmbito da discussão os participantes moçambicanos mostraram o seu interesse relativamente a diferentes aspectos das relações russo-ucranianas, a influência da crise ucraniana sobre a situação internacional ...

Entrega da Ajuda Humanitária da Rússia às Vítimas das Cheias em Moçambique

Em 28 de Fevereiro de 2013, em conformidade com a instrução do Governo da Federação da Rússia, a Maputo chegou o avião com a ajuda humanitária a bordo do Ministério para Defesa Civil, Emergências e Eliminação de Consequências dos Desastres Naturais da Rússia. O cargo humanitário, somando 34,9 toneladas, incluiu tendas, cobertores, produtos alimentares e uma estação de energia móvel e destinou-se aos moçambicanos afectados pelas cheias fortes ​​em várias regiões do país.

Folha Informativa

As relações diplomáticas entre a Rússia e Moçambique foram estabelecidas em 25 de Junho de 1975, no dia em que foi proclamada a independência  de Moçambique. Passados dois anos, foi celebrado o Tratado de Amizade e Cooperação entre a União Soviética e a República Popular de Moçambique, que virou documento básico das relações soviético-moçambicanas. 

O diálogo político bilateral entre os dois países continua a ser constructivo relativamente a uma série de questões globais e regionais. As relações russo-moçambicanas, comprovadas ao longo do tempo, são baseadas nos princípios de amizade e respeito mútuo, e não dependem do contexto político, o que é evidenciado pela posição construtiva tomada por Moçambique em relação à crise na Ucrânia.

Nos últimos anos, a Rússia e Moçambique têm intensificado contactos empresariais. As condições favoráveis para expandir e fortalecer a cooperação mutuamente benéfica têm-se desenvolvido na área do comércio, economia, investimento, humanitária, entre outras. Entre os domínios promissoras destacam-se exploração geológica, mineração, siderurgia, petroquímica, agricultura, pesca, projectos de energia e infraestrutura, formação e capacitação institucional.

Concretamente, no dia 17 de Outubro de 2007 em Washington foi celebrado o Memorando Trilateral de Entendimento entre a Federação da Rússia, o Banco Mundial e a Organização Mundial de Saúde sobre a dotação da parte da Rússia de 20 milhões de dólares no âmbito de contribuições para o Programa de Combate à Malária em África, incluindo o financiamento das medidas para reforçar o combate à malária em Moçambique no valor de 7.86 milhões de dólares.

Em 30 de Dezembro de 2009, a República de Moçambique e a Federação da Rússia fecharam o Acordo sobre a isenção de vistos para os titulares de passaportes diplomáticos e passaportes de serviço.

Em 2013 foi assinado o Acordo Intergovernamental sobre a Alívio da Dívida de Moçambique à Rússia para o financiamento dos projetos na área de desenvolvimento em Moçambique.

Em Fevereiro de 2013, após as cheias nas províncias centrais e do sul do país, Moçambique recebeu a ajuda humanitária da Rússia. O avião do Ministério para a Defesa Civil, Emergências e Eliminação das Consequências dos Desastres Naturais da Rússia chegou a Maputo com o cargo de 35 toneladas (tendas, cobertas, alimentação, estação elétrica portátil, etc.).

O ano de 2014 entrou na história das relações russo-moçambicanas pelas visitas a Moscovo do Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Oldemiro Balói, (em Julho) e do Primeiro-ministro, Alberto Vaquina (em Abril). Estas visitas seguiram a visita do Ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergey Lavrov, a Maputo em Fevereiro de 2013. Durante o encontro entre Alberto Vaquina e Dmitry Medvedev, Chefe do Governo da Rússia, foi assinado o Memorando de Entendimento entre o Ministério da Educação e Ciência da Rússia e o Ministério da Educação de Moçambique sobre a Cooperação na Área do Ensino Superior.

Presta-se também muita atenção à formação dos quadros moçambicanos nas universidades russas. Em 1996 reestabeleceu-se o sistema de bolsas de estudo governamentais para Moçambique. Em 2013 o número de bolsas atingiu 20, aumentando a 40 em 2014.